Início
O Cepeac
Pesquisa
Pós-Graduação
Extensão
Textos para Discussão
Revista Teoria e Evidência Econômica
Cesta Básica
Professores
Links
Fale Conosco
Downloads
ISO 9001:2008
 
Início arrow Cesta Básica

         O Centro de Pesquisa e Extensão da Faculdade de Ciências Econômicas Administrativas e Contábeis (CEPEAC) da Universidade de Passo Fundo vem desenvolvendo, para o município de Passo Fundo, o cálculo do custo da Cesta de Produtos Básicos, tendo por base uma pesquisa de orçamento familiar realizada em 1993. O CEPEAC estudou os hábitos de consumo de 152 famílias passo-fundenses, escolhidas segundo critérios estatísticos.

         O CEPEAC desenvolve também o cálculo do custo da cesta de produtos básicos dos municípios de Lagoa Vermelha, Soledade e Casca, Sarandi e Palmeira das Missões. Para realização desse cálculo, foram analisadas inicialmente as características econômicas de cada município, com o intuito de compará-los com as do município de Passo Fundo. O estudo adotou como hipótese que a estrutura de consumo das famílias dos municípios não diferia muito da estrutura de uma família passo-fundense padrão. Considerando-se que os demais municípios apresentam características de consumo familiar comuns.

 

          É importante destacar que esta cesta é composta por produtos consumidos por uma família típica de Passo Fundo, ou seja, composta por, no máximo, quatro pessoas e com rendimento mensal de um a seis salários mínimos.

          Com base nos dados obtidos nessa pesquisa, elaborou-se, em julho de 1994, a cesta básica de consumo de uma família passo-fundense padrão. A partir de então, com o objetivo de avaliar o poder de compra dos salários de uma família no período de trinta dias, o Centro de Pesquisa e Extensão CEPEAC passou a acompanhar os preços dos produtos que compõem a cesta básica. Em Fevereiro de 1996 iniciou-se o índice de Lagoa Vermelha e em novembro de 1996 os de Casca e Soledade, para o município de Sarandi o cálculo passou a ser computado a partir de junho de 2005, e mais recentemente, ou seja, a partir de outubro de 2007, o município de Palmeira das Missões passou a contar com o acompanhamento dos preços dos produtos que compõem a cesta básica de produtos consumidos na região.

          O método de seleção dos locais de compra obedeceu à freqüência relativa desses, indicada pela Caderneta de Despesas Coletivas, preenchida pelas famílias entrevistadas. Para o cálculo do custo da cesta básica, uma equipe de pesquisadores coleta, em média, 1.500 preços mensalmente em 23 estabelecimentos. Os preços são coletados no dia 30 de cada mês.

          O custo da cesta básica é parte de um projeto maior para a construção de um Índice de Preços de Passo Fundo, que vem sendo desenvolvido pelo Centro de Pesquisa e Extensão da Faculdade de Ciências Econômicas Administrativas e Contábeis (CEPEAC). O objetivo do índice é calcular e acompanhar a evolução dos gastos de consumo das famílias com alimentação, habitação, vestuário, transporte, lazer, saúde, educação, ampliando, assim, a cesta de consumo dos trabalhadores de Passo Fundo.

 

spacer